Português   English   Español

Brasil quer libertação ‘imediata’ de presos políticos na Venezuela

Brasil quer libertação ‘imediata’ de presos políticos na Venezuela
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Para o governo do Brasil, a crise venezuelana deve ser monitorada de forma permanente pela ONU.


O governo do presidente Jair Bolsonaro pede que a ditadura de Nicolás Maduro liberte de forma “imediata” todos os prisioneiros políticos, alertando que um processo de transição pacifica deve ocorrer na Venezuela.

O posicionamento é uma reação do Itamaraty diante das conclusões de uma investigação realizada pela Organização das Nações Unidas (ONU) sobre a aterrorizante situação no vizinho sul-americano.

Nesta quinta-feira (4), o Alto Comissariado das Nações Unidas para Direitos Humanos denunciou o regime Maduro por milhares de execuções sumárias e prisões arbitrárias de centenas de pessoas.

A investigação revela ainda tortura, abusos sexuais, o uso de esquadrões da morte e a manipulação de programas sociais, além de quase 800 presos políticos no país, informa o site UOL.

Ao apresentar seu informe nesta sexta-feira (5) diante dos governos de todo o mundo, a alta comissária da ONU para Direitos Humanos, Michelle Bachelet, voltou a confirmar as suspeitas de que grupos armados estão cometendo assassinatos sob ordens de Maduro.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...