PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Brasil quer ser grande exportador na área de defesa

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

O Brasil vem conseguindo eliminar alguns obstáculos no que diz respeito a financiamentos e garantias no setor.

Informações do Ministério da Defesa apontam que o Brasil vai retornar a ser um dos grandes exportadores de produtos de defesa.

A média histórica de exportações, que nos últimos anos alcançou R$ 900 milhões, está próxima de atingir R$ 1,5 bilhão este ano.

O secretário de produtos de Defesa do Ministério da Defesa, Marcos Degaut Pontes, afirmou que esse valor pode chegar a R$ 6 bilhões até 2022, embora ainda seja baixo o percentual de participação do setor na pauta do comércio exterior. 

Degaut Pontes participou, nesta quinta-feira (21), do Encontro Nacional de Comércio Exterior (Enaex) 2019, no Centro de Convenções Sul América, na região central do Rio de Janeiro.

O secretário esclareceu que a produção brasileira nesta área é extensa e inclui desde aviões de treinamento até aviões de ataque leve, sistema de controle de tráfego aéreo e sistema de defesa, informa o site UOL.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.