Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Brasil vai propor investigação na OMS, diz chanceler

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Ernesto Araujo promete combater lulopetismo e isentoleft em 2020
Imagem: Reprodução/Twitter
COMPARTILHE

“Brasil vê com muita preocupação a atuação da OMS”, diz o chanceler Araújo.

O governo do Brasil vai propor uma investigação sobre a atuação da Organização Mundial de Saúde (OMS) durante a pandemia de coronavírus.

Em reunião do Conselho Ministerial, em Brasília, nesta terça-feira (9), o chanceler Ernesto Araújo disse que o país está preocupado com a atuação da entidade internacional:

“O Brasil vê com muita preocupação a atuação da OMS, a questão da influência política e de perguntas como a origem do vírus, o compartilhamento de amostras, uso da hidroxicloroquina. Em todos esses aspectos a OMS foi e voltou atrás inúmeras vezes e isso é prejudicial.”

Araújo afirmou ainda que “o Brasil está em conversa com Austrália e países da União Europeia para propor uma reforma da OMS”. 

Na última semana, o presidente da República, Jair Bolsonaro, ameaçou deixar a OMS por divergências sobre como o órgão vem conduzindo a crise sanitária atual.

“E eu adianto aqui, os Estados Unidos saiu da OMS, a gente estuda, no futuro… ou a OMS trabalha sem viés ideológico, ou a gente sai de lá também. Não precisamos de gente de lá de fora dando palpite na saúde aqui dentro”, disse¹ Bolsonaro.

Referências: [1]
- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM