- PUBLICIDADE -

Brasil vira palco de embate entre embaixadores dos EUA e da China

Brasil vira palco de embate entre embaixadores dos EUA e da China

- PUBLICIDADE -

Embaixador chinês não gostou de comentário de seu colega dos EUA sobre a repressão aos uigures.

O embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, atacou, neste domingo (12), o principal diplomata dos Estados Unidos em terras tupiniquins.

Em mensagem no Twitter, Wanming disse que o embaixador norte-americano Todd Chapman veio ao Brasil “com a missão especial, que é atacar a China com boatos e mentiras”:

“Olha, esse homem vem ao Brasil com a missão especial, que é atacar a China com boatos e mentiras, aconselhamos que pare de fazer atividades desse tipo e faça bem o seu trabalho o que fazer. Uma formiga tenta derrubar uma árvore gigante, ridiculamente exagerando em sua capacidade.”

A declaração do diplomata chinês foi uma resposta a denúncia de Chapman, que criticou as ações do regime comunista contra a minoria muçulmana dos uigures:

“Esterilização em massa de mulheres uigures pelo Partido Comunista Chinês—-silêncio não é uma opção.”

Na última segunda-feira (6), Chapman disse que o mundo não pode ficar em silêncio perante os campos de concentração na China:

“Este é um esforço sistemático e brutal para apagar a identidade étnica, cultural e religiosa na China.”

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -