Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Brasil zera imposto de importação para soja e milho até 2021

REDAÇÃO RENOVA Mídia

REDAÇÃO RENOVA Mídia

Brasil zera imposto de importação para soja e milho até 2021
COMPARTILHE

Brasil está se beneficiando com o aumento da demanda mundial de alimentos em meio à pandemia.

Dois dos principais grãos da agricultura nacional — soja e milho — terão a alíquota do imposto de importação zerada a fim de manter o equilíbrio na oferta desses produtos no mercado doméstico.  

A decisão foi tomada pelo Comitê-Executivo de Gestão (Gecex) da Câmara de Comércio Exterior (Camex) na última sexta-feira (16).

A suspensão temporária do imposto de importação para soja (grão, farelo e óleo de soja) valerá até 15 de janeiro de 2021. 

Já em relação ao milho, as importações brasileiras sem pagamento de imposto irão até 31 de março de 2021. 

O estabelecimento dessas datas visa não comprometer a comercialização da próxima safra, que tem a colheita prevista para início do próximo ano.

É importante ressaltar que, segundo o diretor do Mapa, não há expectativa de falta dos produtos. 

O objetivo é promover um ajuste entre a oferta e demanda desses produtos no período anterior à colheita da safra 2020/2021, que ocorre a partir do início do próximo ano.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram