Brasileiro não será cobaia da vacina chinesa de Doria, diz Bolsonaro

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

"Minha decisão é a de não adquirir a referida vacina", disse Bolsonaro.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, reforçou, nesta quarta-feira (21), que a vacina da China contra o coronavírus não será comprada pelo governo federal.

Em mensagem no Twitter, publicada minutos atrás, Bolsonaro comentou sobre a “vacina chinesa de João Doria”, governador de São Paulo.

O chefe do Executivo escreveu:

“Para o meu Governo, qualquer vacina, antes de ser disponibilizada à população, deverá ser comprovada cientificamente pelo Ministério da Saúde e certificada pela Anvisa.”

Bolsonaro acrescentou:

“O povo brasileiro não será cobaia de ninguém.”

E continuou:

“Não se justifica um bilionário aporte financeiro num medicamento que sequer ultrapassou sua fase de testagem.”

“Diante do exposto, minha decisão é a de não adquirir a referida vacina”, completou Bolsonaro. Confira os tuítes.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.