Brasileiros na Nova Zelândia foram os primeiros a votar no 2º turno

Idiomas:

Português   English   Español
Brasileiros na Nova Zelândia foram os primeiros a votar no 2º turno
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Já começou a votação decisiva das eleições de 2018.


Em razão do fuso horário, brasileiros residentes nos países do extremo leste do globo começaram a votar na tarde de sábado para escolher o próximo presidente da República. Os eleitores não terão direto a votar para governador.

Os residentes na Nova Zelândia foram os primeiros, começando a depositar os votos na urna às 16h, horário de Brasília. Às 19h, também no horário de Brasília, será a vez dos brasileiros na Austrália. Em seguida, terão início as votações no Japão e na Coreia do Sul.

Do outro lado do globo, brasileiros no extremo oeste terão que esperar. Nas cidades de Vancouver, no Canadá, e na costa oeste dos Estados Unidos, nas cidades de Los Angeles e São Francisco, a votação terá início somente às 12h de amanhã (28).

Países

Siga a RENOVA no TWITTER e acompanhe todas as notícias em tempo real.

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no total são mais de 500 mil brasileiros votando no exterior. Eles estão distribuídos em 171 localidades em 99 países. As nações com mais eleitores são Estados Unidos (160 mil), Japão (60 mil) e Portugal (39 mil). Entre as cidades, as com maior colégio eleitoral são Boston (35 mil) e Miami (34,3 mil), ambas nos Estados Unidos.

Para votar, os eleitores estrangeiros devem apresentar documento oficial brasileiro com foto. Assim como no caso dos residentes aqui, os locais de votação podem ser conferidos no site do TSE (tse.jus.br). Quem não vota, além das mesmas punições dadas aos eleitores no país, também não poderá pedir documentos na embaixada ou consulado do país onde está residindo.

 

Adaptado da fonte Agência Brasil

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...