Bretas condena ex-secretário de Eduardo Paes a 7 anos de prisão

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Alexandre Pinto é acusado de participar de esquema que desviou R$36 milhões entre 2014 e 2016.

Marcelo Bretas, juiz da 7ª Vara Federal Criminal, condenou Alexandre Pinto, ex-secretário de Obras da gestão de Eduardo Paes na prefeitura do Rio de Janeiro, a sete anos de prisão por crimes de corrupção passiva.

Além do ex-secretário, segundo o portal R7, outras nove pessoas também foram condenadas¹ no processo:

  • Celso Reinaldo Ramos Júnior;
  • Ernesto Simões Preussler;
  • Rui Alves Margarido;
  • Eder Parreira Vilela;
  • Wanderley Tavares da Silva;
  • Eduardo Fagundes Carvalho;
  • Alzamir de Freitas Araujo;
  • Maura Fernanda de Carvalho Moreira Cerqueira;
  • Raphael Lima Roig.

Alexandre Pinto é acusado de participar de um esquema que desviou cerca de R$ 36 milhões em obras da Transcarioca e de Recuperação da Bacia de Jacarepaguá.

De acordo com a Procuradoria, a propina era paga por meio de contratos acordados entre empreiteiras e o governo municipal carioca do ex-prefeito Eduardo Paes.

Referências: [1]

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.