Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Bretas ignora críticas e diz que silêncio é a ‘única resposta’

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Bretas ignora críticas e diz que silêncio é a 'única resposta'

Após crítica de desembargador que mandou soltar ex-presidente, Bretas diz que silêncio é a melhor resposta aos “tolos”.

O juiz responsável pela Operação Lava Jato no Rio, Marcelo Bretas, escreveu em seu perfil no Twitter, nesta terça-feira (26), que a única resposta que se deve dar aos “tolos” é o “silêncio”.

Os comentários foram feitos após o desembargador Antônio Ivan Athié, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2), reverter a decisão de Bretas que havia determinado a prisão preventiva — por tempo indeterminado — do ex-presidente Michel Temer e de outros nove acusados de desviar recursos de obras da usina nuclear de Angra 3, no Rio de Janeiro.

Ao conceder o habeas corpus em favor de Temer e Moreira, o desembargador argumentou que o juiz cometeu excesso, afrontando direitos constitucionais, com as prisões.

Segundo o desembargador, que já comparou “propina” com “gorjeta”, Bretas apresentou uma justificativa “interessantíssima e sem a menor base empírica” para fundamentar sua ação, informa o Congresso em Foco.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email