Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

BuzzFeed e HuffPost demitem centenas de funcionários nos EUA

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
BuzzFeed e HuffPost demitem centenas de funcionários nos EUA

Trump afirmou que as milhares de demissões no BuzzFeed e HuffPost são resultado de “notícias falsas e mau jornalismo”.

O presidente Donald Trump disse no sábado (26) que as recentes demissões nos jornais esquerdistas “BuzzFeed” e “HuffPost” são resultados de “notícias falsas e jornalismo ruim” e alertou que outras mídias possam seguir o mesmo destino.

“Notícias falsas e jornalismo ruim causaram uma grande recessão. Infelizmente, muitos outros seguirão. As pessoas querem a verdade!”, escreveu Trump no Twitter.

O BuzzFeed e o HuffPost demitiram mais de 1.000 funcionários na última semana que antecedeu a mensagem do presidente.

O BuzzFeed demitiu 15% de sua força de trabalho, ou cerca de 200 funcionários, de acordo com um memorando enviado aos funcionários obtido pelo “The New York Post“.

A Verizon, a empresa-mãe da HuffPost, anunciou um corte de 7% na força de trabalho em seu grupo de mídia, que também contém o Yahoo e a AOL.

O presidente dos Estados Unidos frequentemente critica a grande mídia pelo que muitos percebem como uma cobertura abertamente crítica do seu governo.

Dias antes das demissões serem anunciadas no BuzzFeed, o procurador especial Robert Mueller precisou publicar uma declaração contestando mais uma fake new do BuzzFeed sobre a caça às bruxas entre Trump e a Rússia.

HuffPost é conhecido por seu viés de extrema esquerda e pelas coberturas negativas regulares de praticamente todos os aspectos da presidência Trump.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email