Português   English   Español

Cabral denuncia envolvimento de religiosos em desvios na saúde

Cabral denuncia envolvimento de religiosos em desvios na saúde
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Em delação, o ex-governador fluminense começou a revelar detalhes sobre esquemas de propina no Rio de Janeiro.

O ex-governador do Rio, Sérgio Cabral (MDB), disse que o esquema de desvio de recursos na saúde pública do Rio de Janeiro também envolvia religiosos.

Cabral citou os contratos do Estado com a Organização Social Pró-Saúde, que é administrada por padres da Igreja Católica, e o cardeal D. Orani João Tempesta, arcebispo da Arquidiocese do Rio.

Em delação, Cabral afirmou:

“Não tenho dúvida de que deve ter havido esquema de propina com a O.S. da Igreja Católica, da Pró-Saúde. O dom Orani devia ter interesse nisso, com todo respeito ao dom Orani, mas ele tinha interesse nisso.”

E, segundo a VEJA, acrescentou:

“Tinha o dom Paulo, que era padre, e tinha interesse nisso. E o Sérgio Côrtes nomeou a pessoa que era o gestor do Hospital São Francisco. Essa Pró-Saúde certamente tinha esquema de recursos que envolvia religiosos. Não tenho a menor dúvida.”

Em nota, a Arquidiocese do Rio respondeu que a Igreja Católica no Rio de Janeiro e seu arcebispo “têm o único interesse que organizações sociais cumpram seus objetivos, na forma da lei, em vista do bem comum”.

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...