Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Cachorro está mumificado dentro de uma árvore há 50 anos

Cachorro está mumificado dentro de uma árvore há 50 anos
Foto: Divulgação/Southern Forest World
COMPARTILHE

O que fez o corpo do cachorro ficar mumificado no interior de um tronco de carvalho?

Madeireiros da empresa Georgia Kraft Corp estavam trabalhando num bosque de carvalhos na Geórgia, nos Estados Unidos, quando foram surpreendidos por uma descoberta inacreditável. 

Ao olhar dentro de um tronco de madeira, um dos funcionários encontrou o corpo mumificado de um cachorro. 

Os restos mortais permitem uma visão quase perfeita do animal, com seus grandes dentes à mostra. 

Dentes estão em destaque na múmia do cão | Foto: Divulgação/Southern Forest World 

Caçada terminou em morte

Especialistas estimam que o animal tenha morrido pelo menos 20 anos antes de ser encontrado novamente. 

Como era um cão de caça, eles chegaram à conclusão de que ele muito provavelmente estava perseguindo algum animal que, para escapar dele, entrou no tronco do carvalho. 

Insistente, o cachorro tentou seguir o mesmo caminho, mas acabou ficando preso.  

De acordo com um estudo recente, o cachorro chegou num ponto do carvalho onde ele se encaixou perfeitamente, ficando incapaz de se mover.  

A caçada resultou na morte do animal. Por esse motivo, o animal foi apelidado de “Stuckie”. 

O cão de caça mumificado foi apelidado de “Stuckie” | Foto: Divulgação/Southern Forest World 

Por que o corpo de Stuckie foi mumificado? 

Uma grande coincidência fez com que o corpo do animal ficasse mumificado no interior do tronco de carvalho. 

Os carvalhos encontrados neste bosque nos EUA possuem taninos, uma substância usada na taxidermia e também para tratar peles de animais.  

Na árvore, ela é responsável por proteger plantas e frutos dos animais herbívoros.  

Dessa forma, o cão ficou preso num local muito propício para o processo natural de mumificação, que claramente acabou ocorrendo com ele. 

Além disso, o corpo do cachorro estava posicionado de uma forma que tornava muito difícil para outros animais alcança-lo, o que evitou que ele se transformasse em alimento na natureza. 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
1 Comentário
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Aparecido
Aparecido
18 dias atrás

Aqui no BR também temos espécimes mumificados, um é o FHC. Múmia assombrosa, em breve haverão outras.

PUBLICIDADE