Cadastro positivo compulsório é aprovado na Câmara

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (20) a regra que obriga a participação inicial de pessoas físicas e jurídicas no cadastro positivo.

O cadastro positivo é uma lista de bons pagadores: um banco de dados geridos por empresas para reunir informações sobre a situação do crédito de cada brasileiro.

Esse sistema receberá dados de empresas com as quais os cidadãos e pessoas jurídicas brasileiros realizarem transações comerciais, instituições financeiras e concessionárias de serviços como luz, gás e telecomunicações, registra o site InfoMoney.

A regra que cria o cadastro em si já havia sido aprovada, mas faltava a votação de destaques complementares apresentados pelos partidos.

Na noite desta quarta-feira (20), a Câmara aprovou o destaque de Walter Ihoshi, ex-deputado, que torna compulsória a participação de todas as pessoas físicas e jurídicas a priori.

Os defensores do PL afirmam que o cadastro positivo tem potencial de diminuir juros em transações de crédito.

Já os críticos temem exposição demasiada dos consumidores e potenciais vazamentos de informações sigilosas.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.