Caiado alerta Bolsonaro para ‘desobediência civil’

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

“Urgência urgentíssima”, disse Caiado sobre a necessidade do governo federal ajudar com a alimentação das pessoas.

Ronaldo Caiado, governador de Goiás, afirmou, nesta segunda-feira (30), que o governo Jair Bolsonaro precisa tomar medidas o mais rapidamente possível para garantir a alimentação das pessoas. 

Caiado diz que esta é a única forma para conseguir manter os cidadãos em casa e poder prosseguir na linha do isolamento social para enfrentamento à pandemia do novo coronavírus

Em entrevista ao jornal Folha, Caiado afirma que, se nada for feito de forma imediata, vai haver desobediência civil e o povo vai quebrar tudo:

“Vamos fazer o atendimento social rápido, urgente, emergencial, ou vamos dar motivação para população promover a desobediência civil para se alimentar e sobreviver.”

Um dos principais aliados de Bolsonaro, o governador rompeu com o presidente após o último pronunciamento de Bolsonaro em cadeia nacional de rádio e TV, como noticiou a RENOVA.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.