PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Calheiros é indiciado pela PF por corrupção e lavagem de dinheiro

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O indiciamento acontece no âmbito de investigação sobre suposta propina de R$ 1 milhão.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

A Polícia Federal (PF) indiciou o senador Renan Calheiros (MDB-AL) por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

O indiciamento acontece no âmbito de investigação sobre suposta propina de R$ 1 milhão que teria sido solicitada e recebida pelo parlamentar em 2012.

De acordo com a PF, o pagamento teria sido realizado pela Odebrecht como uma “contrapartida” pelo apoio político à aprovação de uma resolução do Senado Federal.

A resolução em questão restringiu incentivos fiscais de produtos importados concedidos por Estados, beneficiando a Braskem.

O episódio ficou conhecido como “Guerra dos Portos“.

Em relatório datado da última quinta, 1º de julho, enviado ao ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), os investigadores dizem ter identificado “elementos probatórios concretos de autoria e materialidade para se atestar a presença de indícios suficientes” de que Calheiros teria praticado os crimes em conjunto com outras quatro pessoas, também indiciadas.

Um trecho da peça foi divulgada pelo portal Terra. Confira abaixo:

“No caso em tela constatou-se a existência de elementos probatórios demonstrando que o Senador Renan Calheiros, codinome ‘Justiça’, recebeu valores indevidos no montante de R$ 1 milhão, com a senha “justo”, no dia 31/05/2012, às 15hs, no endereço da empresa Internet Pool Comércio Eletrônicos S/A, por intermédio do senhor Fábio Brito Matos, funcionário da empresa e motorista do senhor Milton de Oliveira Lyra Filho, operador financeiro do parlamentar e sócio administrador da empresa.”

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.