PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Calheiros usa narrativa do Estadão para atacar ministro da Defesa

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

“A democracia brasileira é alvo de uma gravíssima ameaça,", diz Calheiros.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

O senador Renan Calheiros (MDB-AL) usou a controversa reportagem do jornal Estadão sobre o ministro da Defesa, Walter Braga Netto, para atacar o integrante do governo Jair Bolsonaro.

Sem apresentar provas, o jornal alega que Braga Netto teria dito ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), que, se não houver a implementação do voto impresso, o pleito de 2022 não será realizado.

Lira negou a informação, assim como o general Braga Netto, que acusa o jornal de “desinformação“.

Em mensagem na rede social Twitter, Calheiros afirmou que a suposta declaração de Braga Netto é uma “ameaça armada” à democracia:

“A democracia brasileira é alvo de uma gravíssima ameaça, agora revelada. Ameaça armada, tentativa de amedrontar pelo terror. Braga Netto se revela: foi colocado onde está exatamente para isso, para ameaçar as instituições democráticas.”

Em uma outra publicação, o senador aproveitou para atacar o presidente Jair Bolsonaro:

“Bolsonaro quer manter a sociedade refém de sua obsessão continuísta. A população não o quer mais, mostram as pesquisas. O Congresso não deve admitir isso. O Senado, a Câmara dos Deputados e o Judiciário não podem ser ameaçados.”

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.