Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Califórnia processa homem por criticar Islã no Facebook

Tarciso Morais

Tarciso Morais

COMPARTILHE

O procurador-geral da Califórnia, Xavier Becerra, está tentando processar Mark Feigin, de 41 anos, por criticar os muçulmanos na página no facebook do Centro Islâmico do Sul da Califórnia.

O Ministério Público afirma que as postagens de Mark foram “destinadas a irritar e assediar” através de “contato repetido por meio de um dispositivo de comunicação eletrônica”, em violação da lei 653m (b) no Código Penal e, portanto, não devem ser protegidas pela Primeira Emenda.

Algumas das publicações de Mark Feigin foram essas:

  • “A escalada do terrorismo… parece divertida” (escrito em resposta ao anúncio do Centro).
  • “Quanto mais muçulmanos permitimos na América, mais terrorismo iremos ver”.
  • “Praticar o Islamismo pode reduzir ou até mesmo reverter o processo de evolução humana”.
  • “O Islã é perigoso – fato: quanto mais selvagens muçulmanos permitimos na América – mais terror veremos – esse é um fato inegável”.
  • “A merda dos muçulmanos sujos não tem lugar na civilização ocidental”.

O procurador-geral da Califórnia, Xavier Becerra, filho de imigrantes mexicanos, está trabalhando ativamente na liderança da “resistência” no estado da Califórnia contra o presidente Donald Trump.

 

Com informações de: (1)
- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram