- PUBLICIDADE -

Câmara avança em projeto para dificultar prisões de parlamentares

Senado e Câmara dizem que Bolsonaro extrapolou poderes

PEC é resposta da Casa à prisão do deputado Daniel Silveira pelo STF.

- PUBLICIDADE -

Câmara dos Deputados avançou, nesta quarta-feira (24), com a Proposta de Emenda à Constituição 3/2021. 

O texto restringe a prisão em flagrante de parlamentares por crimes inafiançáveis. 

Os deputados aprovaram a admissibilidade da PEC com 304 votos a favor, 154 votos contra e duas abstenções. 

A PEC será agora encaminhada a uma comissão especial para análise do mérito da proposta, que voltará a ser discutida em Sessão Extraordinária da Câmara nesta quinta-feira (25), às 15h. 

O texto, do deputado Celso Sabino (PSDB-PA), prevê que o parlamentar só poderá ser preso por crime “cuja inafiançabilidade” seja prevista na Constituição.  

Não entram crimes previstos em outras leis, caso da Lei de Segurança Nacional, usada para determinar a prisão do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ) na semana passada. 

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -