Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Câmara divulga denúncia anônima que motiva impeachment de Trump

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Câmara divulga denúncia anônima que motiva impeachment de Trump
COMPARTILHE

Um agente de inteligência do país afirmou que o presidente dos EUA usou seu poder para pedir interferência estrangeira nas eleições de 2020.

O Comitê de Inteligência da Câmara dos Representantes liberou, na manhã desta quinta-feira (16), o documento com a denúncia contra o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que motivou o Partido Democrata a seguir adiante com a abertura de um inquérito de impeachment.

O denunciante, membro das agências de inteligência cujo nome ainda não foi identificado, afirmou que Trump agiu com “interesses pessoais” durante ligação telefônica com o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, no dia 25 de julho.

Segundo o denunciante, alguns dias depois da ligação, altos funcionários da Casa Branca se mobilizaram para “bloquear” todos os arquivos vinculados à conversa.

O pedido para que Zelensky prosseguisse com a investigação do ex-vice-presidente Joe Biden e seu filho Hunter Biden e a promessa de que o advogado pessoal de Trump, Rudy Giuliani, com a supervisão do Procurador-geral, William Barr, iriam entrar em contato com ele.

No entanto, como mostrou a transcrição da ligação divulgada pela Casa Branca, o nome de Giuliani foi citado na conversa pelo mandatário ucraniano.

O documento enviado pelo denunciante também diz que Trump aconselhou o seu vice-presidente, Mike Pence, a cancelar sua viagem para a Ucrânia no dia da posse de Zelensky e ele próprio não iria conhecer o ucraniano até descobrir como Zelensky “escolheu agir”.

Trump negou qualquer irregularidade na conversa e na quarta-feira (25) afirmou: “Não ameacei ninguém, não pressionei, nada”. Zelensky também negou que tenha sido pressionado.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM