- PUBLICIDADE -

Câmara dos Deputados suspende volta presencial de servidores

Congresso deve dobrar fundo eleitoral para R$ 3,5 bilhões

Com lockdown no DF, Lira suspende volta presencial de servidores à Câmara.

- PUBLICIDADE -

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), decidiu suspender a “retomada gradativa” das atividades presenciais na Casa em meio às novas medidas restritivas.

O lockdown foi decretado pelo governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB). 

As restrições decretadas começaram a valer neste domingo (28) e valerão por 15 dias. 

Publicado na segunda-feira (1º), o documento publicado por Lira especifica que as empresas que prestam serviços à Câmara poderão organizar turnos de revezamento, com banco de horas para “manter o funcionamento das atividades essenciais”.

Porém, de acordo com Lira, deve ser garantida a prestação de serviços de apoio ao plenário e às comissões permanentes, temporárias e mistas.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -