Câmara pede ao STF prisão do apresentador Danilo Gentili

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Gentili comentou sobre socos em parlamentares. Câmara pede ao STF prisão do apresentador.

Uma ação foi movida pelo procurador parlamentar da Câmara dos Deputados, Luis Tibé (Avante-MG), no Supremo Tribunal Federal (STF). 

Tibé pede à Corte a prisão do apresentador Danilo Gentili, que sugeriu que a população “entrasse” no Congresso Nacional “e socasse todo deputado” por causa da PEC da Imunidade Parlamentar.

Em mensagem publicada no dia 25 de fevereiro e posteriormente apagada, Gentili declarou:

“Eu só acreditaria que esse País tem jeito se a população entrasse agora na câmara e socasse todo deputado que está nesse momento discutindo PEC de imunidade parlamentar.”

A ação da Câmara foi apresentada ao STF em 27 de fevereiro de 2021. 

O texto pede o mesmo tratamento dado ao congressista Daniel Silveira (PTB-RJ), preso depois de ataques contra o STF.

Em mensagem publicada no Twitter, nesta segunda-feira (1º), Gentili pediu desculpas:

“Eu fiz um tuíte que foi alvo de justas críticas por alguns deputados. Quem me segue sabe que sempre defendi as instituições. Aliás, minha briga com bolsonaristas foi justamente pelo fato de eu ser contrário aos pedidos criminosos de fechamento do STF e do Congresso.”

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.