- PUBLICIDADE -

Caminhoneiros da Bolívia fecham estradas contra Morales

Caminhoneiros da Bolívia fecham estradas contra Morales
- PUBLICIDADE -

Os protesto contra a reeleição de Morales, considerada fraudulenta, chegam ao 16º dia. 

Caminhoneiros da Bolívia começaram, nesta quinta-feira (7) a fechar as estradas que cruzam as fronteiras do país.

A movimentação é um apoio à proposta da oposição para paralisar as atividades econômicas por 15 dias contra a controversa reeleição de Evo Morales para um quarto mandato.

Segundo o jornal Gazeta do Povo, Marcelo Cruz, diretor da Associação de Transporte Pesado Internacional, declarou:

“Amanhã terminaremos de fechar a Bolívia com o bloqueio nas fronteiras de Desaguadero e Tambo Quemado.”

Todos os nove departamentos da Bolívia enfrentam bloqueios nas ruas, protestos diante de edifícios estatais e confrontos entre opositores e partidários do chefe de Estado, no poder desde 2006.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -