Português   English   Español

Caminhoneiros discutem nova paralisação após decisão de Luiz Fux

Em reação à decisão tomada na quinta-feira (6) pelo ministro do STF, Luiz Fux, grupos de caminhoneiros passaram a mobilizar, por WhatsApp, uma possível paralisação.

O movimento ainda é incipiente e há dúvidas se vai se propagar, registra a revista “Exame“.

Na noite da quinta-feira (6), Luiz Fux decidiu suspender a aplicação de multas, pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), pelo descumprimento dos preços mínimos para serviços de frete rodoviário.

As punições ficam suspensas até que o STF decida sobre a constitucionalidade do tabelamento, que os caminhoneiros preferem chamar de “piso mínimo”.

A decisão de Fux causou revolta entre os motoristas autônomos.

“O STF está de brincadeira: aumentam o salário para quase R$ 40 mil e ferram com os caminhoneiros”, escreveu Alexandre Fróes, que atua no porto de Itajaí (SC). “Vamos parar agora, aí vai ficar bom acabar com a festa.”


Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter