- PUBLICIDADE -

Caminhoneiros prometem greve na 4ª feira contra decisão do STF

Caminhoneiros prometem greve na 4 feira contra decisao do STF
Imagem: Peu Ricardo/DP.
- PUBLICIDADE -

“Já temos definido que não vamos aceitar o retrocesso”, disse líder de associação de caminhoneiros.

A decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, de adiar o julgamento da constitucionalidade da tabela de frete será alvo de protestos por parte de caminhoneiros.

A categoria deve cruzar os braços na próxima quarta-feira (19), data em que a análise do caso pela Corte estava marcada.

A orientação, contudo, é pra que não sejam realizados bloqueios em rodovias.

Segundo a ideia foi manter a mobilização que já estava sendo organizada para a data, em função do julgamento.

Em conversa com o site Metrópoles, o presidente da Associação Brasileira dos Condutores de Veículos Automotores (Abrava), Wallace Landim, conhecido como “Chorão”, declarou:

“Estamos pedindo para que a categoria não carregue, estenda faixas, cruze os braços mesmo. Já temos definido que não vamos aceitar o retrocesso.”

Os caminhoneiros temem que os pedidos dos empresários para que o STF considere o tabelamento inconstitucional seja atendido.

O adiamento foi concedido à pedido da Advocacia-Geral da União (AGU).

No próximo dia 10 de março, está prevista a realização de uma reunião de conciliação para tentar solucionar o impasse antes de um julgamento.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -