Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Camisetas oficiais da seleção brasileira estão esgotadas no DF

Foto: Ed Alves/CB/D.A Press
COMPARTILHE

Para a tristeza dos petistas, a narrativa de que a população brasileira está com vergonha de usar o manto verde e amarelo não emplacou.

Se junho já é um mês bom para o comércio graças às festas juninas, em ano de Copa do Mundo fica melhor ainda.

Antes mesmo do resultado da estreia do Brasil, contra a Suíça, neste domingo (17), a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Distrito Federal (Fecomércio-DF) estima um aumento de 12,64% nas vendas em relação ao Mundial de 2014.

De acordo com informações do Correio Braziliense:

Pesquisa realizada pela Fecomércio, com 401 pessoas, destacou os artigos de armarinho como aqueles com maior expectativa de venda: aumento de cerca de 37,6%.

Para o presidente da federação, Adelmir Santana, o aumento das vendas está diretamente relacionado ao desempenho da Seleção. “O brasileiro deixa para comprar tudo de última hora, então, o comerciante repõe os estoques aos poucos”, observa. Da mesma forma, ele afirma que um fracasso como o da última Copa pode acarretar em prejuízo aos comerciantes.

Ontem, no Taguacenter, tradicional ponto de comércio popular de Taguatinga, havia lojas repletas de clientes, bandeiras, fitas e vendedores animados tocando cornetas para atrair os clientes

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE