Campanha de Alckmin assustada com tucanos na mira da PF

Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

O comitê de campanha do presidenciável Geraldo Alckmin recebeu com preocupação as ações da Polícia Federal contra políticos do PSDB nos últimos dias.

As informações são da jornalista Andréia Sadi em seu blog no G1.

“A equipe admite que o envolvimento de políticos tucanos em operações da PF atrapalham o discurso do candidato contra a corrupção”, afirmou Sadi.

Na avaliação da equipe do PSDB, a prisão do tucano Beto Richa, ex-governador do Paraná, “tem mais desgaste para o partido do ponto de vista de imagem”.

Mas a situação de Reinaldo Azambuja, governador do Mato Grosso do Sul e candidato à reeleição, “complica a vida de Alckmin, do ponto de vista da máquina partidária, porque, embora não tenha sido preso, ele liderava as pesquisas e ajudava o tucano com votos na região”.

Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Isso também pode te interessar

Deixe seu comentário

Anunciante
e-consulters
Parceiro

Assine nossa Newsletter!

Preencha o formulário para assinar.

Nome Email
newsletter

Últimas publicações