Português   English   Español

Campanha de Bolsonaro busca apoio do Podemos no 2º turno

O senador Magno Malta, aliado de primeira hora do presidenciável Jair Bolsonaro, está em Cuiabá para um ato de campanha em nome do candidato do PSL.

O Antagonista apurou que ele pretende ter uma conversa com o também senador José Medeiros, candidato a deputado federal no Mato Grosso pelo Podemos.

A intenção é garantir o apoio, em eventual segundo turno, de boa parte do partido de Alvaro Dias, embora o presidenciável tenha chamado Jair Bolsonaro de “bandido” e dito que “ele está quase morto”, conforme reportado pela Renova Mídia.

Os candidatos do Podemos não gostaram nenhum pouco da postura de Alvaro Dias no ocorrido acima.

Ainda segundo O Antagonista, a avaliação dos membros do partido é de que as declarações do presidenciável poderá dificultar a formação da bancada do partido no Congresso.

Os insatisfeitos acreditam que a saída agora é deixar muito claro que o Podemos não apoia o Partido dos Trabalhadores (PT).

Além de Medeiros, o deputado federal Marco Feliciano, candidato à reeleição em São Paulo, é outro correligionário de Alvaro que não esconde o apoio ao candidato do PSL na corrida presidencial.

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter