Português   English   Español

Campanha de Bolsonaro recruta exército de fiscais de urna

Um cadastro está sendo feito por voluntários em todo o Brasil, que, se aptos, passarão por treinamentos para identificar e flagrar crimes eleitorais.

A campanha do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) está recrutando eleitores para que atuem como fiscais no dia da votação. Somente no Ceará, 20 mil pessoas preencheram o cadastro.

A iniciativa é uma convocação para eleitores do candidato do PSL que desejam ajudar na fiscalização das urnas de votação, e uma resposta a desconfiança que a campanha do militar tem com o sistema de voto brasileiro.

Para facilitar a participação de voluntários no movimento, o partido desenvolveu um site que possibilita a inscrição do eleitor que deseja ser um “fiscal do Jair”.

Quem for considerado apto passará por um treinamento para identificar crimes eleitorais, como boca de urna e compra de votos, além de problemas nas urnas eletrônicas.

Bolsonaro também reforçou sua equipe de advogados. São 20 profissionais que trabalharam para candidatos do PSL nos Estados e agora se concentram na eleição do capitão reformado, segundo informações do JC.

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter