Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Campanha do governo mira redução da gravidez na adolescência

Campanha do governo mira redução da gravidez na adolescência
COMPARTILHE

A campanha do governo Bolsonaro visa educar jovens sobre sexo e gravidez na adolescência. 

Damares Alves, ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, e Luiz Henrique Mandetta, ministro da Saúde, lançaram a campanha “Tudo tem seu tempo” nesta segunda-feira (3).

Damares afirmou que as ações da campanha contam com embasamento de estudos realizados por especialistas de diversas áreas e que são focadas nos melhores interesses dos jovens:

“Os jovens e adolescentes são seres pensantes. Eles não são guiados apenas pelo instinto sexual. Acreditar nos jovens é essencial.”

Segundo a agência EBC, Mandetta destacou a relevância da ação: 

“Isso é elemento de discussão, sim. Nós precisamos olhar os números e saber as consequências. É papel de todos que têm uma responsabilidade com os jovens e adolescentes criar uma consciência. Estamos diminuindo os números [de gravidez indesejada] de 15 a 19 anos em 40%. Mas na faixa etária abaixo de 15 anos, de 2000 a 2016, o número da gravidez infantil permaneceu no mesmo patamar. Nada mudou.”

Mandetta afirmou que a orientação educativa para evitar a gravidez infantil deve ser o foco da ação do governo: 

“O que se diz para uma criança assim [abaixo de 12 anos] a não ser ‘tudo tem seu tempo’? Não é idade de medicalização, de interferir. A discussão é complexa.”

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE