Português   English   Español

Campanha do PT pagou milhões a empresas ligadas à Lava Jato

A campanha presidencial do PT pagou quase R$ 8 milhões a empresas próximas do partido que têm conexão com a Operação Lava Jato.

As despesas estão registradas nas contas do presidiário Lula, que teve a candidatura indeferida, e do substituto dele, o poste Fernando Haddad.

A campanha de Lula gastou R$ 4,9 milhões para locação de equipamentos para gravação de programas com a Rentalcine —que tem como sócios um réu na Lava Jato e um delator relacionado à Odebrecht no Peru.

Além disso, Haddad gastou mais R$ 2,1 milhões com a mesma empresa.

Com serviços que somam R$ 7 milhões, a Rentalcine é a maior fornecedora da campanha presidencial petista —as despesas de Lula e Haddad totalizam R$ 28 milhões, segundo dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

A campanha petista gastou ainda R$ 741 mil na compra de panfletos da gráfica Braspor, que apareceu na Lava Jato por repassar dinheiro para uma empresa fantasma do ex-deputado federal André Vargas, na época do PT.

 

Adaptado da fonte Folha

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter