Campeonato Alemão censurado no Irã por causa de árbitra mulher

Idiomas:

Português   English   Español
Campeonato Alemão censurado no Irã por causa de árbitra mulher
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Uma emissora pública do Irã não exibiu uma partida do campeonato de futebol da Alemanha porque a arbitragem do jogo seria comandada por uma mulher.

Na última sexta-feira (15), o jogo entre Bayern de Munique e Augsburg foi apitado pela árbitra alemã Bibiana Steinhaus.

Jornais da Alemanha afirmam que a decisão de não transmitir o jogo foi feita de última hora e baseada nas rígidas leis islâmicas do Irã.

O código do regime islâmico não permite a exibição de mulheres usando roupas que mostrem muitas partes do corpo. Neste caso específico, a árbitra está de short e camiseta.

Natalie Amiri, correspondente no Irã do canal público alemão ARD, afirmou:

“A [transmissão da] partida foi cancelada em cima da hora! E de quem é a culpa de novo: da Bibi, é claro. Bibiana Steinhaus é uma mulher e usa shorts, algo que não pode ser visto na TV estatal iraniana.”

Não é a primeira vez que esse caso acontece no Irã.

Em maio, também em uma partida do Campeonato Alemão que teve Steinhaus apitando, a TV iraniana passava cenas aleatórias do público quando as câmeras se aproximava da árbitra, registra o ISTOÉ.

Newsletter RENOVA

Receba diariamente as últimas notícias do Brasil e do Mundo.

Curta, siga e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
SIGA A RENOVA NO TWITTER

Deixe seu comentário...

Veja também...