Português   English   Español

Cantor Morrissey critica Angela Merkel por destruir a identidade e cultura da nação alemã

O ex-líder da banda The Smiths, Morrissey, criticou Angela Merkel por “jogar fora” a cultura do país com a polêmica política pró- imigração.

Em uma entrevista ao jornal alemão Die Spiegel, ele disse:

Quero que a Alemanha seja alemã. Quero que a França seja francesa. Se você tenta fazer todas as nações multiculturais, você não terá cultura no final.

Morrissey é acostumado a tecer duras críticas e opinar sobre a política da União Europeia.

Tempo atrás, o cantor comparou a rainha da Inglaterra com o falecido ditador da Líbia, Muammar Gaddafi.

 

Com informações de: (1)

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe seu comentário

Veja também...