Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Cantora atacada pela militância esquerdista após declarar voto em Trump

COMPARTILHE

Após ser duramente atacada pela militância esquerdista nas redes sociais, a cantora canadense Shania Twain pediu desculpas por dizer que teria votado em Donald Trump na eleição presidencial de 2016 nos Estados Unidos.

No domingo (22), o jornal britânico The Guardian publicou uma entrevista em que Shania Twain, estrela country do Canadá, disse que se ela pudesse ter votado na eleição presidencial dos Estados Unidos em 2016, ela teria apoiado Donald Trump.

Shania Twain declarou:

Eu teria votado nele porque, embora ele fosse ofensivo, ele parecia honesto. Você quer ser direto ou educado? Não que você não deva ser os dois. Se eu estivesse votando, eu não iria querer conversa fiada. Eu teria votado por um sentimento de transparência.

Nós sabíamos que a artista seria ridicularizada por seu posicionamento, mas a velocidade com que Shania Twain abandonou sua posição foi simplesmente surpreendente.

No próprio domingo à tarde, a cantora voltou atrás e se explicou no Twitter:

Eu gostaria de me desculpar com todos que eu ofendi em uma entrevista recente ao Guardian relacionada com o Presidente Americano. A pergunta me pegou desprevenida. Como uma canadense, eu me arrependo de ter respondido uma pergunta inesperada sem dar mais contexto a minha resposta.

Eu sou apaixonadamente contra qualquer tipo discriminação e espero que esteja claro pelas escolhas que fiz, e pelas pessoas com quem estou, que eu não tenho quaisquer crenças morais em comum com o atual Presidente.

Eu estava tentando explicar, em resposta a uma pergunta sobre a eleição, que meu entendimento limitado era que o presidente conversava com uma parte da América como uma pessoa acessível com quem eles podiam se relacionar, já que ele NÃO era um político.

Minha resposta foi embaraçosa, mas certamente não deve ser tomada como uma representação dos meus valores, nem significar que eu o endorso. Eu faço música para unir as pessoas. Meu caminho sempre será de inclusão, como mostra a minha história.

A esquerda norte-americana considera inaceitável que uma artista declare apoio ao presidente dos Estados Unidos. Em menos de 24 horas, a patrulha politicamente correta fez a estrela da música country Shania Twain modificar totalmente sua opinião.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE