Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Cantora da Turquia condenada à prisão por “insultos ao presidente”

Tarciso Morais

Tarciso Morais

COMPARTILHE

Em apresentação, Zuhal Olcay usou o nome do líder islâmico Recep Tayyip Erdogan para rimar com as palavras “Tudo vazio, tudo mentira”.

Um tribunal de Istambul condenou nesta quinta-feira (22) a dez meses de prisão a cantora e atriz turca Zuhal Olcay por ter insultado Recep Tayyip Erdogan em uma canção durante uma apresentação em agosto de 2016.

Durante o show, realizado em Istambul, a artista modificou a letra de uma conhecida música pop, intitulada “Bosvermisim Dünyayi”, utilizando o nome de Erdogan para rimar com as palavras “Tudo vazio, tudo mentira”.

A promotoria considerou o ato uma ofensa e pediu entre um e quatro anos de prisão. O juiz condenou Olcay a um ano, reduzido para 10 meses por boa conduta durante o julgamento, informou o jornal turco Evrensel.

Nos últimos anos, vários cidadãos foram condenados por insultos ao líder islâmico do país, às vezes simplesmente por terem divulgado nas redes sociais textos alheios que nem sequer mencionavam o nome de Erdogan.

 

Com informações de: [G1]
- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram