Capangas de Maduro queimam faixas em homenagem a Óscar Pérez

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Membros das força de segurança de Maduro retiraram e queimaram faixas e cartazes em homenagem ao líder rebelde.

Faixas em homenagem ao ex-piloto Óscar Pérez foram penduradas, nesta segunda-feira (2), na entrada principal do Panteão Nacional da Venezuela em um ato de protesto e rebelião contra a ditadura de Nicolás Maduro.

O Panteão, que foi criado na década de 1870 no local de uma igreja arruinada, no extremo norte da capital Caracas, é um local de descanso final para heróis nacionais. 

Pérez foi uma paraquedista militar, piloto e inspetor do Corpo de Investigação Criminal e Criminal (Cicpc). Ele ficou conhecido internacional por ter sido o líder de uma rebelião policial contra Maduro, chegando a participar do ataque ao Supremo Tribunal da Venezuela em 2017.

Pérez e membros do seu grupo foram massacrados em janeiro de 2018 por forças do regime chavista, mas a sua história continua a motivar movimentos rebeldes em território venezuelano.

Após o Panteão Nacional amanhecer estampado com homenagens a Pérez, membros das força de segurança de Maduro retiraram e queimaram faixas e cartazes.

Confira o vídeo:

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.