Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Capital da Paraíba proíbe celulares em hospitais após flagras

Secretário de Saúde tentou justificar alegando que a proibição é uma medida de combate ao novo coronavírus.

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Capital da Paraíba proíbe celulares em hospitais após flagras
COMPARTILHE

A prefeitura de João Pessoa determinou a proibição da entrada de aparelhos celulares e equipamentos similares em unidades de saúde da capital da Paraíba.

A ação acontece alguns dias depois em que flagrantes como baratas, portas quebradas e até pias com defeito serem compartilhados nas redes sociais por pacientes de um hospital da cidade.

O ato anunciado pelo secretário de saúde Adalberto Fulgêncio estende-se a hospitais e Unidades de Pronto Atendimento (UPA) administradas pela gestão municipal.

“Cada hospital, UPA e serviço de saúde tem autonomia para, a partir da sua comissão de controle de infecção hospitalar, tomar medidas de controle não só de celulares como de tablets, televisões, travesseiros e quaisquer objetos que possam entrar e provocar, em linhas gerais, sujeira”, disse Fulgêncio.

Desta forma, fica a cargo da gestão de cada unidade cumprir a determinação, destaca o portal T5.

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.