“Cardápio de subornos” circula pelo WhatsApp da Venezuela

Idiomas:

Português   English   Español
"Cardápio de subornos" circula pelo WhatsApp da Venezuela
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

A corrupção atingiu um nível totalmente novo na Venezuela. Está em todo lugar, o tempo todo. No WhatsApp não poderia ser diferente.


Uma lista de subornos está circulando no WhatsApp da Venezuela.

A lista é feita em estilo de cardápio de restaurante:

  • US$ 4.500 para um passaporte;
  • US$ 400 para um visto chileno;
  • US$ 7.000 para apagar um registro criminal;
  • US$ 100 para um selo que valida diplomas universitários.

Estas são as últimas ofertas para tais demandas, altas por toda a cidade de Caracas, segundo informações do jornal O Globo.

Siga a RENOVA no TWITTER e acompanhe todas as notícias em tempo real.

Normalmente, não são anunciadas tão descaradamente — afinal, são serviços ilegais.

Você tem que conhecer alguém que conheça alguém que, por sua vez, possa conectá-lo até conseguir o que quer.

Mas só a circulação desse “cardápio de subornos” via WhatsApp já revela como a corrupção se tornou uma prática difundida no país controlado pela ditadura de Nicolás Maduro.

Newsletter RENOVA

Receba gratuitamente as principais notícias do Brasil e do Mundo por email.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...