“Cardápio de subornos” circula pelo WhatsApp da Venezuela

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

A corrupção atingiu um nível totalmente novo na Venezuela. Está em todo lugar, o tempo todo. No WhatsApp não poderia ser diferente.

Uma lista de subornos está circulando no WhatsApp da Venezuela.

A lista é feita em estilo de cardápio de restaurante:

  • US$ 4.500 para um passaporte;
  • US$ 400 para um visto chileno;
  • US$ 7.000 para apagar um registro criminal;
  • US$ 100 para um selo que valida diplomas universitários.

Estas são as últimas ofertas para tais demandas, altas por toda a cidade de Caracas, segundo informações do jornal O Globo.

Normalmente, não são anunciadas tão descaradamente — afinal, são serviços ilegais.

Você tem que conhecer alguém que conheça alguém que, por sua vez, possa conectá-lo até conseguir o que quer.

Mas só a circulação desse “cardápio de subornos” via WhatsApp já revela como a corrupção se tornou uma prática difundida no país controlado pela ditadura de Nicolás Maduro.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.