Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Carga tributária do Brasil só perde para Cuba na América Latina

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Carga tributária do Brasil só perde para Cuba na América Latina

Dados da OCDE apontam que os impostos no Brasil atingiram 32,2% do Produto Interno Bruto (PIB), em 2016, enquanto Cuba registrou 41,7%.

O Brasil tem a segunda maior carga tributária da América Latina, ficando atrás apenas da ditadura comunista deCuba.

A carga tributária brasileira chegou a 32,4% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2017, segundo dados da Receita Federal.

Na ilha de Cuba, país da América Latina onde os cidadãos mais pagam impostos em comparação ao PIB, esse percentual atingiu 41,7% em 2016, de acordo com o ranking da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico).

A elevada carga tributária brasileira sempre foi vista como um problema. Uma redução ajudaria, por exemplo, segundo a BBC Brasil, a melhorar o ambiente de negócios, restaurar a produtividade e ampliar o potencial de crescimento.

Em Davos, na Suíça, durante sua primeira viagem internacional como presidente, Jair Bolsonaro repetiu uma promessa de campanha: reduzir e simplificar a carga tributária brasileira.

Confira abaixo os cinco países com a maior carga tributária da América Latina:

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email