Carlos Bolsonaro assina projeto para conceder medalha a Mourão

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O vereador Carlos Bolsonaro retomou nesta sexta-feira (15) seus trabalhos na Câmara Municipal do Rio de Janeiro. A Casa só voltou hoje do recesso parlamentar.

Pivô de uma confusão no governo, aberta por um imbróglio com o secretário-geral da Presidência, Gustavo Bebianno, o filho do presidente Jair Bolsonaro deixou o pai em Brasília e voltou ao trabalho no Rio.

Em seu perfil oficial no Twitter, Carlos disse que assinou um projeto do vereador Jimmy Pereira (PRTB) para conceder ao vice-presidente da República, Hamilton Mourão, a Medalha de Mérito Pedro Ernesto, maior honraria da cidade do Rio de Janeiro.

Na publicação, o filho de Bolsonaro se dirige ao vice como “grande General Mourão”.

Vários jornais da grande mídia brasileira estão afirmando que o presidente Jair Bolsonaro concordou com “auxiliares próximos da necessidade de afastar o seu filho Carlos Bolsonaro” das questões do governo.

Segundo o portal Terra, ao longo da manhã, Bolsonaro teve uma série de conversas com ministros e assessores no Palácio da Alvorada e telefonemas para costurar o fim da crise que envolve Carlos e o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno.

Os jornais afirmam que o chefe do Executivo decidiu manter o ministro no cargo, mas não há nada confirmado oficialmente pelo Palácio do Planalto.

Carlos Bolsonaro e Gustavo Bebianno.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.