Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Carlos Ghosn é alvo de ordem de prisão da Interpol

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Carlos Ghosn é alvo de ordem de prisão da Interpol
Imagem: Reprodução/Twitter

Ex-presidente da Renault-Nissan fugiu do Japão onde cumpria pena de prisão domiciliar.

O Líbano recebeu um pedido de prisão da Interpol contra Carlos Ghosn, ex-presidente da aliança Renault-Nissan

Alvo de quatro acusações de crimes financeiros e em prisão domiciliar sob fiança desde abril de 2019, o magnata brasileiro do setor automotivo fugiu do Japão para Beirute, capital libanesa. 

“O Ministério Público recebeu um aviso vermelho da Interpol sobre o caso Carlos Ghosn”, disse o ministro da Justiça libanês, Albert Sarhane, nesta quinta-feira (2).

Ghosn vivia com certa liberdade de movimento no Japão, mas sob condições estritas. O empresário teria conseguido escapar do país em um jatinho privado com a ajuda de uma empresa privada de segurança, informa o portal G1.

Nascido no Brasil, ele também tem cidadania libanesa e francesa. Após uma escala em Istambul, na Turquia, ele seguiu para Beirute, onde entrou com um passaporte da França e um documento de identidade libanês.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias