Português   English   Español

Cartunista atacado por publicar charge da tenista Serena Williams

O cartunista australiano Mark Knight recebeu inúmeras críticas pelo desenho, acusado de racismo e de sexismo.

O jornal australiano Herald Sun voltou a publicar uma charge de Serena Williams, classificando de “politicamente corretas” as acusações de racismo que surgiram contra seu cartunista na segunda-feira (10).

A tenista americana recebeu uma multa de 17.000 dólares por seu comportamento na final do US Open perdida no domingo passado para a japonesa Naomi Osaka, ao se dizer que o árbitro de cadeira estava sendo “sexista”.

O cartunista da Austrália recebeu inúmeras críticas pelo desenho, acusado de racismo e de sexismo.

Entre os críticos está a escritora britânica JK Rowling. A autora da saga Harry Potter declarou:

Parabéns por ter reduzido uma das maiores esportistas vivas a traços racistas e sexistas e por ter transformado outra grande esportista em um acessório sem rosto.

Depois de defender seu cartunista ontem, o jornal colocou na capa a polêmica charge, publicando vários outros desenhos de Mark Knight. Em uma das charges, está Serena Williams com o título “WELCOME TO PC WORLD” (“Bem-vindo ao mundo politicamente correto”).

Nesta quarta-feira (12), Mark Knight suspendeu sua conta do Twitter para proteger sua família e seus amigos.

O cartunista considerou que a reação a sua charge mostra que o mundo “simplesmente ficou maluco”. Ele explicou:

Fiz esse desenho no domingo à noite depois de ter visto a final do US Open e vi a melhor jogadora do mundo explodir de raiva, o que me pareceu interessante.

 

Adaptado da fonte Correio Braziliense

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter