Português   English   Español

Cartunista de Israel demitido por retratar Netanyahu como porco

Fazendo referência a clássico de George Orwell, ilustração publicada pela revista “The Jerusalem Report” critica lei que define Israel como o Estado do povo judeu.

A revista israelense The Jerusalem Report dispensou um cartunista após ele retratar o primeiro-ministro do país, Benjamin Netanyahu, e outros políticos de direita como porcos.

O artista gráfico criou uma arte em alusão ao clássico A Revolução dos Bichos, do escritor inglês George Orwell.

O jornal The Jerusalem Post, proprietário da revista, anunciou em comunicado nesta quinta-feira (26) que a decisão de não comprar mais ilustrações do freelancer Avi Katz foi tomada pois alguns de seus cartuns provocaram “reações raivosas”.

Katz retratou Netanyahu e legisladores do partido conservador Likud, do premiê, com cabeças de porcos, junto a uma citação da obra de Orwell:

Todos os animais são iguais, mas alguns animais são mais iguais que outros.

A ilustração é uma crítica a uma controversa lei aprovada na última quinta-feira pelo Parlamento israelense, que define Israel como “a terra natal histórica do povo judeu”, ao qual é atribuído o direito exclusivo à autodeterminação.

Adaptado da fonte DW

Deixe seu comentário

Veja também...