Português   English   Español

Casa Branca pressiona juízes para acelerar deportação de imigrantes ilegais

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

O Departamento de Justiça (DoJ) dos Estados Unidos adotou uma política de maior pressão para que os juízes migratórios do país decidam com mais rapidez sobre os processos envolvendo imigrantes ilegais sob sua responsabilidade.

O sindicato desses magistrados, o NAIJ, apresentou em 8 de agosto uma nota de protesto ao Escritório Executivo de Revisão Migratória (EOIR), subordinado ao DoJ. Na carta, criticam o que consideram uma “violação à autoridade” de sua posição na corte.

A Justiça migratória nos Estados Unidos não está subordinada ao Poder Judiciário, mas ao Executivo. Suas cortes administrativas e seus juízes são nomeados pelo procurador geral, à frente do DoJ.

E, assim como são designados, também podem ser demitidos.

O presidente Donald Trump chegou ao poder com um discurso forte contra imigrantes entrando no país de forma ilegal.

O seu procurador geral, Jeff Sessions, que tem a mesma postura linha-dura, anunciou este ano que vai avaliar os juízes pelo número de casos que tiverem fechado até o final do ano, em um sistema com milhares de processos abertos.

 

Adaptado da fonte AFP

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Deixe seu comentário

Veja também...

Anunciante
e-consulters
Parceiro

Assine nossa Newsletter!

Preencha o formulário para assinar.

Nome Email
newsletter

Últimas publicações