Casos de demissão pelo WhatsApp crescem no Brasil

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Demissão pelo WhatsApp? Casos crescem no Brasil.

A demissão por WhatsApp pode ser considerada como desrespeito ao trabalhador? 

Decisões recentes da Justiça do Brasil indicam que, desde que o funcionário não sofra humilhação nas mensagens, a prática é permitida.

Em São Paulo, o Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT-2) negou o pedido de uma funcionária que foi informada pelo WhatsApp da demissão de uma escola particular onde trabalhava há seis meses.

O tribunal entendeu que o mais importante nesses casos é como a empresa age ao comunicar a saída, destaca o site Olhar Digital.

Desde março de 2020, mais de 103 mil processos com as palavras demissão e WhatsApp ou derivados foram registrados no Brasil.

As informações foram divulgadas em um levantamento da plataforma Data Lawyer Insights.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.