Português   English   Español

Catedral da Sé vandalizada por extremistas de esquerda

Catedral da Sé vandalizada por extremistas de esquerda

O templo já havia sido alvo de vandalismo no ano de 2015, quando frases a favor do aborto foram escritas nas paredes do templo.

Os muros da Catedral da Sé, no centro de São Paulo, amanheceram pichados neste domingo (21) com um símbolo antifascista, que ganhou repercussão internacional pelo grupo extremista de esquerda Antifa.

Agentes da prefeitura iniciaram a remoção da tinta do local por volta das 10h e a limpeza foi concluída no início da tarde.

Em 2015, o templo já havia sido alvo de pichadores, quando frases a favor do aborto foram escritas nas paredes externas da catedral. Na época, um grupo de jovens se mobilizou para fazer a limpeza da área.

O local também foi palco de protestos contra o programa de zeladoria do ex-prefeito da cidade João Doria (PSDB) no ano passado. No mesmo dia, um manifestante foi detido por pintar de vermelho uma estátua do apóstolo Paulo que fica na frente da igreja.

 

Adaptado da fonte Folha

 

Deixe seu comentário

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter