- PUBLICIDADE -

Celas separadas para presos na operação da PF contra hackers

Celas separadas para presos na operação da PF contra hackers
- PUBLICIDADE -

Os suspeitos de hackear os celulares de autoridades foram transferidos para Brasília. Depoimentos devem acontecer nesta quarta-feira (24).

Os quatro suspeitos de terem invadido os celulares do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e o procurador da República, Deltan Dallagnol, estão sendo mantidos em celas separadas.

Dois deles estão mantidos na Superintendência da Polícia Federal (PF), em Brasília, e os outros permanecem detidos no aeroporto da capital do Distrito Federal, segundo informações do jornal O Globo.

O objetivo da PF com a estratégia é evidente: evitar que os supostos hackers combinem as versões de seus depoimentos.

Apenas um dos detidos na Operação Spoofing, lançada nesta terça-feira (23), foi ouvido até o momento. Os outros três devem falar até o fim desta quarta-feira (24).

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -