Português   English   Español
Português   English   Español

Celso de Mello quer enquadrar homofobia como crime de racismo

Celso de Mello quer enquadrar homofobia como crime de racismo
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Ministro propôs que o Supremo Tribunal Federal (STF) determine criminalização da homofobia até que o Congresso crie lei para tratar do assunto.

O ministro Celso de Mello, do STF, votou nesta quarta-feira (20) para enquadrar a homofobia e a transfobia como crime de racismo até que o Congresso Nacional aprove uma legislação específica para o tema.

O magistrado recomendou aos colegas de Corte a criminalização do preconceito e da discriminação contra a comunidade LGBTI.

O julgamento das duas ações que pedem a criminalização da homofobia foi novamente suspenso e deve ser retomado nesta quinta-feira (21).

Até o momento, apenas Celso de Mello – relator de uma das ações – votou.

Ainda devem apresentar o voto o relator da outra ação, ministro Edson Fachin, e os outros nove magistrados da Suprema Corte.

Na sessão desta quarta, Celso de Mello reconheceu a omissão e a demora inconstitucional do Legislativo em votar a criminalização da homofobia, registra o G1.

Segundo ele, “mostra-se indispensável que o estado proteja os grupos vulneráveis”.

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...

Curta a RENOVA!