Celular do ministro Paulo Guedes alvo de ataque hacker

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

“Acho que fui hackeado. Bandidos”, disse Guedes na noite desta segunda-feira (22).

A assessoria do ministro da Economia informou que o celular de Paulo Guedes foi hackeado e que pretende tomar medidas cabíveis nesta terça-feira (23).

Na noite desta segunda-feira (22), por volta de 22h30, o telefone de Guedes entrou para o aplicativo de mensagens Telegram. Logo após, a assessoria do ministro informou que o celular havia sido clonado.

A equipe do jornal Gazeta do Povo puxou conversa, e o hacker tentou se passar por Guedes, como mostram as mensagens abaixo.

Importante destacar que o hacker é alguém minimamente bem informado: Gabriela Valente é assessora de imprensa de Guedes e, de fato, há uma Daniella (com dois L) no ministério: Daniella Marques Consentino, assessora especial do ministro.

Este foi o segundo caso em dois dias envolvendo aparelhos celulares de pessoas ligadas ao governo do presidente da República, Jair Bolsonaro.

No domingo (21), a líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP), também informou que o celular dela havia sido hackeado.

Hasselmann divulgou um vídeo em uma rede social no qual diz que teve o celular invadido e clonado. Segundo a deputada, a polícia já foi acionada para apurar o caso.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.