Chanceler conservador da Áustria assume comando político da UE

Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

O chanceler austríaco Sebastian Kurz assumirá a presidência semestral da União Europeia (UE).

A Áustria iniciará no domingo o semestre à frente da UE, no momento em que os governos europeus endurecem os discursos contra a recepção de imigrantes ilegais, tema que divide os Estados membros.

Uma sorte para o governante conservador de 31 anos, aliado ao partido direitista austríaco FPÖ desde dezembro, que alega ser um dos idealizadores do fechamento da “rota dos Bálcãs” em 2016, quando era ministro das Relações Exteriores, e já anunciou a intenção de transformar a questão migratória em uma prioridade de seu mandato à frente do bloco.

O líder do Partido Popular Austríaco (ÖVP) avançou na política e estabeleceu a aliança com o FPÖ com a promessa de uma política sem concessões para os migrantes.

Sebastian Kurz é partidário da UE, desde que conceda mais soberania aos Estados membros. Uma visão compartilhada pelo FPÖ e os demais partidos direitistas da Europa que abandonaram, em sua maioria, os planos de saída do bloco.

 

Com informações de BOL
Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Isso também pode te interessar

Deixe seu comentário

Anunciante
e-consulters
Parceiro

Assine nossa Newsletter!

Preencha o formulário para assinar.

Nome Email
newsletter

Últimas publicações