- PUBLICIDADE -

Chanceler critica criação de ‘imagem distorcida do Brasil’

Araújo diz que Trump e Bolsonaro se rebelam contra o globalismo

"É basicamente uma obra de ficção”, diz o chanceler brasileiro sobre críticas ao Brasil.

- PUBLICIDADE -

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, criticou, nesta terça-feira (2), iniciativas da sociedade civil que atuam para “criar deliberadamente uma imagem distorcida do Brasil no exterior”.

Araújo se referiu a um seminário organizado na Universidade Harvard e a um relatório entregue a autoridades do governo Joe Biden.

O texto em questão foi elaborado por acadêmicos e ONGs, recomendando a suspensão de acordos entre os Estados Unidos e a administração do presidente da República, Jair Bolsonaro.

Araújo comentou:

“É basicamente uma obra de ficção, muito ruim em termo de estilo. Uma obra de ficção que procurou ser vendida e apresentada como a realidade do Brasil.”

O chefe do Itamaraty também criticou a carta de ex-ministros do Meio Ambiente endereçada aos governos de França, Alemanha e Noruega com críticas ao governo Bolsonaro.

De acordo com Araújo, esse tipo de iniciativa “afeta nossos interesses” e prejudica a implementação do acordo comercial assinado entre o Mercosul e a União Europeia.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -